‘Leão’ não perdeu o comboio do primeiro lugar

O Sporting venceu esta segunda-feira o Nacional da Madeira por 1-0, com um golo de Montero perto do final do jogo da 5ª jornada, e juntou-se ao FC Porto na liderança do campeonato nacional.

Um mês depois do último jogo do Sporting para o campeonato em casa, a equipa de Jorge Jesus regressou a Alvalade obrigada a vencer o Nacional da Madeira de forma a juntar-se ao FC Porto no topo da classificação.

Com Gelson no lugar de Carrillo na equipa do Sporting, os anfitriões cedo quiseram mostrar às bancadas uma atitude bem diferente daquela com que tinham presenteado os adeptos no jogo com o Lokomotiv de Moscovo a contar para a Liga Europa.

Apesar do domínio do Sporting e das várias oportunidades de golo criadas junto à baliza de Rui Silva, a verdade é que o Nacional da Madeira não se encolheu e até dispôs de algumas ocasiões de golo junto à baliza de Rui Patrício, aproveitando as descompensações da formação leonina para de contra-ataque alcançar a baliza do internacional português.

Antes do intervalo, o Nacional da Madeira viu-se reduzido a 10 unidades com a expulsão de Sequeira por acumulação de cartões amarelos. O lateral esquerdo disputou uma bola com Slimani e o árbitro Fábio Veríssimo entendeu que era merecedor de cartão amarelo. O Sporting foi para intervalo em superioridade numérica, mas nem as boas exibições de Adrien, Gelson e Slimani resultavam em golos na prática

No segundo tempo, Jorge Jesus lançou em jogo Fredy Montero e tirou Teo Gutiérrez. O avançado colombiano entrou muito bem no jogo, mas as ocasiões de golo junto à baliza de Rui Silva não passavam disso mesmo.

Com o passar do tempo, o nulo no marcador parecia persistir perante o bloco bem organizado da equipa de Manuel Machado, até que aos 86 minutos, Montero surge na área do Nacional e num remate de primeira cruzado inaugura o marcador após uma boa combinação com Carlos Mané, que entretanto tinha entrado para o lugar de Bryan Ruiz.

Com este resultado, o Sporting apanhou o FC Porto na liderança do campeonato nacional e deixou o Benfica a quatro pontos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *